quinta-feira, 20 de setembro de 2012

ÓPERA INFANTIL "A VOVOZINHA"_22 e 23 de setembro_no espaço cultutal: CAPELA SANTA MARIA

Após um século adormecida, a ópera infantil “A Vovozinha”, de Emiliano Perneta – considerado o maior poeta paranaense –, ganhará os palcos de Curitiba neste mês de setembro. Essa é a primeira vez que a peça, genuinamente paranaense, será montada integralmente desde sua concepção, em 1909. As apresentações acontecem neste sábado e domingo (22 e 23), na Capela Santa Maria – Espaço Cultural. As partituras originais, ainda a lápis, e o texto foram reagrupados pelo pesquisador Gehad Ismail Hajar em um estudo que levou sete anos de apuração e restauração. Isso porque texto e partituras nunca foram impressos e partes estavam perdidas. “Esta é seguramente uma peça inédita e histórica, com o diferencial de ter sido composta no início do século XX para crianças”, avaliou Hajar. De acordo com o pesquisador, dificilmente se produziam escritos destinados ao público infantil naquela época, tampouco no que tange à ópera. “Nada mais oportuno do que oferecer hoje, aos nossos pequenos, uma obra tão original, que lega a Curitiba o desconhecido título de “berço da literatura infantil do Brasil”, reforçou Hajar. Em cena – Com direção de Denise Sartori e regência do consagrado maestro Jaime Zenamon, 15 cantores líricos dividem a cena em um espetáculo leve e ao mesmo tempo criativo. A opereta contará com adereços e figurinos assinados por Gustavo Krelling, que traz o contraste de tecidos, cores e brilhos para o palco sem perder a poética infantil. Do lixo ao luxo, Krelling ainda resgata sacolas plásticas para a composição artística empregada na confecção das roupas moldadas para os atores. Esta inédita montagem, com produção de Hajar, Beth Capponi e equipe, conta com incentivo do Fundo Municipal de Cultura. Toda produção pode ser acompanhada pelo site da peça (www.avovozinha.com). História – Curitiba do início do século XX era uma pequena e pacata cidadela com ares gregos. Aflorava o sentimento da estética literária simbolista. Neste contexto, Emiliano Perneta, o príncipe dos poetas paranaenses, embrenha-se na pioneira iniciativa de escrever uma peça infantil, com amenas críticas à sociedade da época. Antecessor de Monteiro Lobato e de Walt Disney, Perneta dedicou-se à peça “Vovozinha” em 1909, fazendo de Curitiba o berço da literatura infantil do Brasil. Em 1917 a peça foi musicada por Benedito Nicolau dos Santos e a opereta estava completa. Algumas audições com partes da peça chegaram a ser realizadas em Paranaguá, Curitiba e Ponta Grossa. Mas nunca montada integralmente. ****** Serviço Ópera infantil “A Vovozinha” Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural (R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro) Datas e horários: 21 de setembro (sexta-feira), às 15h – ensaio aberto, com entrada gratuita; 22 e 23 de setembro, sábado às 20h e domingo às 19h, com ingressos a R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada) FONTE: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/producao-curitibana-resgata-opera-infantil-inedita/27716

Nenhum comentário: